Vereadores cobram resposta sobre área doada para empresa

Uma reunião marcada para a última terça-feira (26) discutiu a situação de uma área doada, em 2019, para a empresa Brasil Fértil, com previsão inicial de gerar dezenas de emprego, em Piracanjuba. O encontro mobilizado por vereadores serviu para fiscalizar a real situação do contrato firmado entre a empresa e a Prefeitura de Piracanjuba. A Lei n° 1.930 de 04 de dezembro de 2019, estipulava o prazo de 24 meses para que fosse realizada a instalação e ampliação da empresa mencionada.

Para conferir, os vereadores analisaram a situação da obra e constataram que havia apenas um contêiner instalado no espaço doado, sem indícios de outras obras. A primeira sugestão dada pelos vereadores foi manter contato com a empresa em questão, com a finalidade de reforçar o cumprimento da parceria, além de prestar apoio no que fosse necessário e assim manter a geração de emprego. Entre os pontos levantados, os presentes defenderam ainda a necessidade de modernização para atrair outras empresas e também mais fiscalização e dispositivos para saber se os beneficiados estão cumprindo as exigências, que inclui, por exemplo, geração de empregos e retorno social. “Diversas empresas abandonam os projetos e deixam as construções pelo caminho, por este motivo estamos aqui fiscalizando”, afirmou o presidente da Câmara, Bruno Baiano.

À Câmara, o Gestor de Projetos e Relações Públicas da Brasil Fértil, Virgínio Theodoro, garantiu que a empresa tem o interesse de manter firmado o contrato e que fará, em tempo hábil, as ações necessárias para instalação da referida empresa.

Skip to content